2 de jul de 2009

X-men Origens: Wolverine (2009)


O primeiro filme da franquia X-men, em 2000, iniciou a estória dos mutantes mais famosos do mundo exatamente como deveria ser: sem excessos. Tratou principalmente o preconceito dos Homo sapiens com a nova “raça”. O filme teve os seus acertos, mas é claro que Bryan Singer errou também e corrigiu-os na ótima sequência.

O primeiro filme solo de um dos personagens só poderia ser do mais popular deles: o canadense Wolverine. O longa tem início correto, no entanto escorrega feio no fim do ato inicial. A trama gira em torna da formação d’A Equipe X, formada apenas por mutantes que tem fins militares. Logan (Hugh Jackman) e o selvagem Victor Creed (Liev Schreiber), são dois dos vários escalados. No comando está William Stryker (Danny Huston), que envolve alguns componentes do grupo no projeto Arma X, um experimento ultra-secreto. Entre eles está Logan que serve como cobaia do governo e seu esqueleto é trocado por adamantium.

O filme torna-se chato por qualquer situação ser resolvida em briga, o típico bate primeiro e pergunta depois, tudo para encher o produto de ação e atrair plateias. Quando assistido pela primeira vez o filme agrada, basta alguns minutos pós-sessão para os contras surgirem. E não são poucos: atuações caricatas (inclusive o super-carismático do momento Hugh Jackman), crateras no roteiro assinado por David Benioff e, principalmente, a direção porca de Gavin Hood. Seu único acerto, talvez, esteja na ótima sacada dos créditos.

O longa perde muito de seu brilho por ter personagens demais em cena (a trama não exige tantos mutantes). O mesmo erro cometido em X-men: O confronto final, no qual novos personagens aparecem ao extremo e ficam lá só por ficar. Um exemplo dessa situação é o personagem Gambit (exigido há muito tempo por fãs) que tem uma retratação picareta. O erro ai não está na atuação e sim na construção do personagem pelo roteirista e pela instrução – ou falta dela – do diretor. X-men Origens: Wolverine possui uma apelo comercial bem cara-de-pau. Foi feito justamente para ganhar fortunas ou talvez para satisfazer uma paixonite em interpretar Wolverine.

X-MEN ORIGENS: WOLVERINE
(X-Men Origins: Wolverine, EUA, 2009)
De: Gavin Hood Roteiro: David Benioff Com: Hugh Jackman, Liev Schreiber, Ryan Reynolds, Dominic Monaghan, Lynn Collins, Danny Huston, Daniel Henney, Taylor Kitsch. Aventura. 107 min.

2 comentários:

  1. Também achei o filme muito fraquinho. Especialmente graças à seu roteiro pedestre.

    2 estrelas, idem.

    ResponderExcluir
  2. Wally, eu filme é fraco, mas é daqueles momentâneos que você acha bacana na hora que assiste, mas depois que acaba sua opinião já muda.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Seguidores