10 de fev de 2008

Cloverfield - Monstro (Cloverfield, 2008)

Depois muita ansiedade e espera por muitos, Cloverfield chega às telonas. Quando passaram a rodar um teaser trailer nos cinemas, onde a imagem, embora muito boa, era de uma câmera caseira. A destruição de N.Y. era o destaque, pessoas desesperadas filmavam um monstro gigantes passando de longe entre alguns arranha-céus da cidade, depois era jogado perto daquelas pessoas a cabeça da estatua da liberdade. E no final, não anunciava o nome do filme somente a data de sua estréia: 1-18-08.

Uma jogada de marketing inteligente, para atiçar a curiosidade das pessoas. Felizmente, isso funcionou. Pois atraiu muitas pessoas para irem ao cinema assistirem Cloverfield.
Talvez não tenha agradado algumas pessoas pelo estilo do filme. Claro, ninguém está acostumado a ver um filme no cinema com se fosse um vídeo no YouTube. A imagem não é ruim, volta a dizer, longe disso, o fato é que o filme todo é uma filmagem caseira. Pra entender melhor, basta assistir ao trailer.

A câmera fica o tempo inteiro com Hud (T.J. Miller) que filmava a festa de despedida de seu melhor amigo Rob Hawkins (Michael Stahl-David) – de partida para o Japão – até tudo começar... Um pequeno terremoto, as bombas e os gritos! O Cara registra tudo, não solta a câmera por um minuto, até mesmo quanto está frente a frente com o monstro. E a bateria não acaba. Durante todo o filme a câmera fica ligada e ela NÃO ACABA! Ficaram tão preocupados com a bateria do celular que nem notaram a “bateria infinita” da câmera.

Com muita correria “O Monstro” não é o principal destaque do filme. Os personagens tomam esse papel. São atores bons, que não são famosos, nem conhecidos mundialmente. Ainda bem! Se fossem “super-astros” o filme não seria nem um pouco realista... e, com o perdão da palavra, seria uma verdadeira merda! "Cloverfield" é muito bom, mas não chega a ser o filme do ano. Mas garanto que nunca ouve nada como Cloverfield, falo isso comparando a filmes do mesmo gênero que jamais chegaram ao realismo que esse filme possui.

CONCLUSÃO:
4 estrelas

10 comentários:

  1. Gostei da crítica, deve ser bem legal mesmo esse filme, gosto desse estilo o/

    ResponderExcluir
  2. Na boa, eu não esperava mais que isso do Cloverfiel. Nada mais oportunista que o produtor de LOST copie Bruxa de Blair, que por sua vez copiou Hitchcock...

    Mas eu vou encarar pela experiência de câmera.

    =]

    ___________________________________
    TemPraQuemQuer <<< Entra!

    ResponderExcluir
  3. Qndo um filme é alvo das criticas ja me interesso em asistir, ...
    To vendo o video agora no youtube,... ñ me paresse ruin.
    mais vomos confirir...


    Curti o blog, interessante...acaba de ganhar um usuario... rsrsrs


    Gostaria de fazer parceria com o iti martins ?

    ResponderExcluir
  4. Por um segundo eu pensei: "pow inovador". Então eu lembrei da bruxa de blair...

    Hehe, mas a idéia ainda é interessante. E pra variar é em NYC, a cidade onde tudo acontece.

    abç ^^

    ResponderExcluir
  5. Bom, seu banner ja foi add na pagina inicial do blog, assim que add o meu avise... com um comentario, que logo apos seu banner ja vas estar em todas as paginas do blog..

    um grande abraço..sucesso com o blog...

    ResponderExcluir
  6. O filme parece ser interessante!

    Verei com certeza! Valeu pela dica!

    Abraços!


    http://losfanfaroes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não tenho nem palavras para dizer como saí do cinema depois que acabou Cloverfield - Monstro. Estavam presentes poucas pessoas e, a julgar pelas suas reações, acho que não gostaram do súbito final, sem créditos.
    Tudo bem que o assunto não é lá essas coisas, afinal, é mais um filme de monstro (mesmo?) e não é mais novidade um filme feito com câmera de mão (vide Bruxa de Blair, que até hoje não vi porém muito comentado). Contando com tudo isso, Cloverfield - Monstro seria apenas mais um filme com catástrofes causadas pelo monstrengo citado no título.

    -------
    Eu escrevi uma crítica mas não cheguei a publicá-la. Cloverfield me deixou com aquele gostinho de "quero mais" e espero ansioso sua sequencia e o dvd. E me parece que a versão para os cinemas brasileiros foi cortado alguns minutos no final onde aparece Rob falando as coisas que aparecem no trailer "Meu nome é Robert Hawkins. Você achou. Se está vendo isso, provavelmente sabe mais do que eu" Algo assim.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Assisti Cloverfield novamente e desta vez não deu problema na exibição que me levou ao comentário anterior de "versão cortada".

    ResponderExcluir
  9. Vou ver o trailer do filme,não conhecia este.

    ResponderExcluir
  10. Não gosto muito do estilo "power ranger", vários amigos meus que assistiram esse filme não gostaram... mas você acabou de atiçar (MUITO!) minha curiosidade! Preciso ver esse filme logo rs!

    ;*

    ResponderExcluir

Seguidores