8 de jun de 2008

Entrevista – Sandra Corveloni

Desde a conquista do prêmio de Melhor Atriz da 61ª edição do Festival de Cannes, Sandra Corveloni ganhou os holofotes brasileiros pela atuação em “Linhas de Passe”, de Walter Salles e Daniela Thomas


Primeiramente queria agradecer especialmente Lilían Gomes, que me forneceu essa oportunidade de entrevistar Sandra Corveloni.

Muito elogiada pela crítica internacional, durante o último Festival de Cannes, “Linha de Passe” teve uma calorosa acolhida do público em sua estréia no festival francês. No longa, filmado na Cidade Líder, em São Paulo, a atriz Sandra Corveloni faz o papel de Cleuza, mãe de família de um bairro popular em São Paulo, que vive às voltas com problemas financeiros, mas sempre disposta a ouvir e estar presente na vida dos filhos.


Rodado com um pequeno orçamento, o filme acompanha as expectativa e sonhos abordados dos quatros filhos de Cleuza. Grávida de um quinto filho ela perde seu emprego como diarista, mas se dedica, com todas as forças, a embelezar o cotidiano de seus filhos.


Uma morena de olhar voluntário, Sandra firmou sua carreira no tetro até debutar no cinema em curtas-metragens “Flores Ímpares” de Sung Sfai e “Amor” de José Roberto Torero. Em entrevista, a atriz que desbancou até mesmo Angelina Jolie, fala sobre a premiação e a carreira, esbanja simpatia e uma simplicidade única. Além é claro de me deixar super à vontade. Eu estava tremendo, e as perguntas que preparei quase não saiam, além do mais eu tinha de ser rápido, pois a atriz tinha agenda. Meia hora foi suficiente! =D


Em algum momento você imaginou ganhar esse prêmio?

Só de brincadeira. [Risos] Todo mundo não brinca de receber um grande prêmio? Até quem não é ator volta e meia diz: e o prêmio vai para...


O que este prêmio representa para você?

Esse prêmio é o resultado de um trabalho de toda a vida. Estudei muito, trabalhei, ensaiei, montei vários espetáculos. O prêmio veio com o cinema, mas já tinha uma bagagem grande como artista. Além disso tive apóio de Fátima Toledo, que realizou um trabalho incrível de preparação de elenco.


Como foi filmar “Linha de Passe”? Como foi seu entrosamento como os atores?

Todo o processo de criação e realização no set foi ótimo. Houve uma troca muito grande entre atores e diretores. Apesar de ser meu primeiro longa, me senti segura pois já tenho muitos anos de estrada. Desde o início do processo, desde o ensaio com os meninos, conseguimos um entrosamento muito grande, tentamos ser o mais sinceros e íntegros possível. Ninguém economizou nada. E, quando levamos as cenas para o set de filmagem. O trabalho com Daniela [Thomas] e Walter [Salles] continuou muito rico.


Como foi estrear no cinema dirigido pela dupla Walter Salles e Daniela Thomas?

Foi um trabalho de muita troca, agente conversava muito. Eles foram abertos, generosos, não fizeram nenhum tipo de imposição, foi um trabalho de equipe. Com certeza, estrear num longa dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas tem um peso muito grande, mas eles me deixaram a vontade me senti muito no set. Não fiquei insegura, nem constrangida em momento algum. Foi um trabalho muito bom.


E quais seus projetos atuais e futuros?

No momento vou me dedicar ao lançamento de “Linha de Passe”. Além disso, estou na direção, ao lado de Eduardo Tolentino de Araújo, da montagem da peça “Amargo Siciliano”, de Luigi Pirandello, que está em cartaz em São Paulo.


Agora o que está mais evidência, tem planos de fazer TV?

Para um ator ou atriz, todo bom trabalho é bem vindo. Não tenho preconceito em relação a nenhum tipo de trabalho artístico.

6 comentários:

  1. Não conhecia ela. E tô louco pra ver o filme do Walter Salles, espero que seja tão bom quanto dizem que é.

    Comente também:
    And I Said Goddamn!

    ResponderExcluir
  2. Nunca tive a oportunidade de vê-la atuar. Sorte pra ela, afinal quem recebe um prêmio, como o que ela recebou merece reconhecimento de todo esse Brasil.



    http://www.antologiaracional.com/
    parceria?

    ResponderExcluir
  3. Nunca tive a oportunidade de vê-la atuar. Sorte pra ela, afinal quem recebe um prêmio, como o que ela recebou merece reconhecimento de todo esse Brasil.



    http://www.antologiaracional.com/
    parceria?

    ResponderExcluir
  4. POis não é que minha tarefa foi comentar num blog cinematográfico!
    Que ótimo! adoro cinema!

    Adorei o blog!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. ñ conhecia, muito bonita ela!


    http://semtosquices.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seguidores