11 de jul de 2010

Surpresa em dobro (2009)

Old Dogs, EUA
A única coisa bacana em ver um filme desse tipo é escrever sobre ele depois de vê-lo, mas filmes ruins merecem apenas um parágrafo. Surpresa em dobro é a confirmação da decadência da carreira de John Travolta e Robin Williams. Trata-se da junção de tudo que deu certo em comédias um dia e que sempre é utilizado. Assistir este filme do diretor Walt Becker é um verdadeiro constrangimento, um esforço gigantesco para chegar até o fim da projeção.



Na trama Charlie (Travolta) e Dan (Williams) interpretam amigos de longa data que formaram juntos uma empresa de marketing esportivo. Eles estão prestes a fechar o negócio de suas vidas com uma empresa japonesa até que Dan recebe uma carta de uma antiga paixão, dizendo que deseja encontrá-lo. Ao se encontrarem ela conta-lhe sua situação: está prestes a ser detida por duas semanas e deseja apresentar a Dan os filhos que fizeram na única noite que tiveram alguns anos atrás, Zach (Conner Rayburn) e Emily (Ella Bleu Travolta).

Começa então uma série de constrangimentos ao longo de toda a projeção: confusões envolvendo o cachorro, medicamentos que dão efeitos colaterais. A junção de tudo é tão chata como as crianças que estão em cena. Guarde bem esse nome: Surpresa em dobro; você vai precisar quando alertar uma pessoa a passar longe. A produção carrega o título de pior filme do ano até o momento. É o resultado de atuações forçadas de atores forçados que outrora valorizavam-se, um roteiro tão esquecível e vazio e a direção porca de Walt Becker. Isso é o que pode se esperar do diretor de Motoqueiros Selvagens. É o horror, o horror!

█ De Walt Becker, com John Travolta, Robin Williams, Kelly Preston. 88 min.

13 comentários:

  1. Tenso manolo ... não vou mentir ... eu ri um pouco, mas mesmo assim é uma fita muito fraca mesmo. Porém você ainda não assistiu Killers ... esse sim ... tá brigando pela ruindade do ano.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. hahahaha nem me impressiona... nem tampouco tenho vontade de ver!

    ResponderExcluir
  3. Já vimos isso antes inúmeras vezes. E se Robin Williams continua afiado, não podemos dizer o mesmo do resto do filme, que é equivocado do início ao fim, são clichês até dizer CHEGA PELO AMOR DE DEUS!

    ResponderExcluir
  4. Corajoso, você. Esses dois já estão decadentes faz tempo!!!! Sinto pelo Robin Williams, sinceramente...

    ResponderExcluir
  5. Robson, passe longe. Só veja se quiser saber o quanto é ruim!

    Johnny, ainda não vi Killers.

    Cleber, exatamente. Vou trocar meu texto pelo seu comentário. Disse tudo ;D

    Kamila, tô conferindo cada coisa ruim ultimamente viu, vou te contar. Eu sinto pelo Robien Williams também.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Também estou na fase que um filme ruim só merece um parágrafo. Esse, correrei para longe.

    ResponderExcluir
  7. Que tristeza o rumo que tomou as carreiras de Robin Williams e John Travolta, hein? Queria vê-los em papéis mais desafiadores do que nessas comédias discutíveis.

    ResponderExcluir
  8. Estou aqui pra agradecer o comentário lá no blog e dizer que estou de volta após meses inativo ! Não vi esse filme , mas de vez em quando é bom assistir algo apenas pra rir hehe .
    Abraços .

    ResponderExcluir
  9. Sinto uma pena do Robin Williams em aceitar produções desse tipo... E você é um corajoso mesmo. rsrs.

    Beijos! ;)

    ResponderExcluir
  10. Luis, eu geralmente não escrevo textos pequenos, mas filmes ruins realmente não merecem uma crítica aprofundada, não valem o esforço. Às vezes eu acabo escrevendo muito mesmo como aconteceu com "Premonição 4". Passe bem longe desse mesmo!

    Vinícius, eu também meu amigo, eu também!

    Gabriel, é bom tê-lo de volta. Acho que só ri uma vez nesse filme, não lembro em qual cena...

    Mayara, comprovado que tenho muita coragem pra encarar filmes assim! :D

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. O John Travolta tá precisando do Tarantino para levantar a carreira denovo. Ainda dá tempo!

    ResponderExcluir
  12. Bruno, acho que "Dupla Implacável" é uma tentativa do Travolta voltar a interpretar personagens como Vincent Vega. Inclusive ele pede até um Royale com Queijo.

    ResponderExcluir
  13. Tenho muito (muito!) medo deste filme. Já peguei ele duas vezes na locadora e não passei dos 10 minutos ainda. Falta de tempo ou de interesse? Nem sei!

    ResponderExcluir

Seguidores