19 de jan de 2009

O Curioso Caso de Benjamin Button (2008)


Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver.

Ao assistirmos O Curioso Caso de Benjamin Button (The Curious Case of Benjamin Button, 2008) recebemos uma descarga infinita de sentimentos – alegria, raiva, tristeza e reações a fio. Portanto o novo filme do talentoso David Fincher (Clube da Luta e Zodíaco) é puro cinema. Fincher usa planos de filmagens poderoso que se reforçam com a ótima edição de Kirk Baxter e Angus Wall. O diretor foca bastante o rosto dos personagens o que nos força a apreciar ainda mais a beleza de Cate Blanchett. A parte técnica do filme não é o maior destaque. Obviamente a fotografia de Claudio Miranda, a direção de arte de Donald Graham Burt ou a trilha de Alexandre Desplat, são minuciosamente projetados e podem influenciar bastante a apreciação do longa. O mais impactante é o roteiro assinado por Eric Roth (baseado no conto de F. Scott Fitzgerald), repleto de diálogos que podem comover e fazer ri (a piada do raio é imbatível). Benjamin Button é um filme que cativa a todo momento. Quando os créditos cessam a primeira reação é uma vontade abusiva de revê-lo.

A edição, como já falei, é ótima e graças a ela há uma cena que muito lembra Magnólia e foi minha favorita em toda a projeção. O elenco melhor não poderia ser. Brad Pitt mantém sempre os pés no chão, numa atuação promissora, digna de seu talento. E Cate Blanchett, ah Blanchett... Como é bom vê-la na grande tela. A atriz é dotada de uma beleza rara e um talento idem. Mas o verdadeiro talentoso é o próprio diretor David Fincher, nesse caso palmas para o diretor, afinal, ele merece.


O Curioso Caso de Benjamin Button
(The Curious Case of Benjamin Button, EUA, 2008)
De: David Fincher Roteiro: Eric Roth, baseado em estória de F. Scott Fitzgerald Com: Brad Pitt, Cate Blanchett, Julia Ormond, Tilda Swinton, Faune A. Chambers, Elias Koteas, Taraji P. Henson. Drama. 166 min.

10 comentários:

  1. Vi o filme ontem e compartilho com sua opinião, muoto bom mesmo. Em breve terei algo n'O Cara da Locadora, fica ligado para dar uma lida depois... Abraços...

    ResponderExcluir
  2. O Cara, não deixarei de ler, pode deixar...

    ResponderExcluir
  3. Só to vendo bons comentários desse filme e to ficando cada vez mais ansioso para assistir! Depois de ver comentarei sobre ele ^^

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Opa, estou passando só para lembrar que o prazo de envio das apostas para o 1º Bolão do Talking About Movies está chegando ao fim. As apostas para a 1ª fase serão fechadas as 24h do dia 21 (proxima quarta-feira).
    Não deixe de participar.
    Contamos com suas apostas!

    E sem dúvidas esse já é meu favorito da temporada! Só discordo de você num ponto, para mim a parte técnica rouba a cena a todo momento, o filme é de encher os olhos nesses aspectos técnicos o que não é de forma alguma um demérito. Mas claro que as atuações e o roteiro são louváveis tb, n é a toa que já é meu favorito.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. "Benjamin Button" pra mim foi mais que um filme, é um verdadeiro exercicio de reflexão, uma lição de vida. Simplesmente fantástico.
    Também devo discordar de você quanto a parte técnica. Sim, acho que a atuação de Brad Pitt é a melhor de sua carreira e que o roteiro é maravilhoso, mas a parte técnica alcança resultados que beiram a perfeição (e em alguns aspectos, são perfeitos). A maquiagem, os efeitos visuais, a fotografia, a linda trilha sonora de Alexandre Desplat...

    Estou torcendo para o filme no Oscar.
    Gostei do seu blog e estou linkando ele no meu, ok? Também fiz meus comentários sobre Benjamin Button! Se puder conferir, sua visita é bem-vinda.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Filme realmente fantástico! Fiquei com essa mesma vontade de assistir de novo o filme, e talvez o faça hoje...

    É um filme emocionante, que cativa realmente. Uma lição de vida, como vários já disseram...

    ResponderExcluir
  7. Concordo com tudo o que você disse, Rafael. Benjamin Button é quase uma obra-prima e já nasceu clássico!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Sem dúvida um filme muito bom! Não cheguei a considerá-lo uma obra-prima (longe disso até), mas é um belo trabalho do Fincher sim. Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Achei a idéia bem legal e o resultado muito reflexivo, que faz o espectador pensar. Mas o filme em si não achei espetacular. Ótimo, mas só.

    ResponderExcluir
  10. Tô apaixonado com ele. Achei simplesmente magnífico todos os aspectos. FILMAÇO!

    5 estrelas.

    Ciao!

    ResponderExcluir

Seguidores